Não faz sentido falar de Quelimane sem falar de bicicletas. Quem não tem uma, "apanha" uma. A moda por aqui para circular é apanhar um taxi-bicicleta e há muitos. Taxi-bicicleta é uma bicicleta a pedal que tem um banquinho montado por cima da roda de trás, junto ao banco do condutor. Tem ainda dois apoios para os pés do pendura na roda traseira. Uma pessoa monta-se e lá vai sendo conduzida pelo meio da confusão.





Hoje experimentámos o taxi-bicicleta. Eu não estava com medo mas fazia-me confusão ver as pessoas a andar lá atrás sem se agarrarem a nada nem a ninguém, com um equilíbrio digno de um prémio. Depois há os mesmo artistas que além de equilibrados, ainda levam carga consigo. Até já vi mulheres sentadas com as duas pernas viradas para o mesmo lado, tipo amazona que está a montar a cavalo. Muito certinhas e equilibradas. O motorista do taxi-bicicleta é uma espécie de herói da destreza e do equilíbrio. Tem que pedalar para mexer a sua bicicleta com qualquer tipo de pessoa atrás, mais passar os cruzamentos e ter atenção aos carros e outras bicicletas, mais parar nos semáforos e manter a bicicleta e a pessoa que transporta equilibradas... é um esforço tremendo!  

Sobre a minha experiência com a coisa tenho a dizer que não me desequilibrei e nem tive necessidade de me agarrar a nada. Parece que já tinha feito aquilo uma meia dúzia de vezes ou mais! Pode ser enervante nos cruzamentos, quando há mais confusão. Devo dizer que ia tendo um acidente de bicicleta num cruzamento, quando o meu taxista ia virar e um outro que vinha atrás não viu e ia-me abalroando pela esquerda. Depois há os odores. O taxista faz esforço físico, coitado. Consequentemente, como qualquer mortal, transpira. Agora imaginem, em andamento, o vento a transportar o odor a suor do motorista, à frente, para quem está atrás, neste caso, moi-même! Não é bonito de se cheirar, mas juro-vos que aquele cheiro a "bedum" me arrancou sorrisos. Bom, não  o cheiro, foi mais a situação em si. Mas adiante... na parte de pagar, os nossos 3 taxistas pareciam indecisos quanto ao preço. Lá nos arrancaram 50 MT (Meticais) cada um por uma viagem que normalmente custa 2 ou 3 MT. Mas vá, como fomos a umas lojas e os deixámos ficar à espera algum tempo, não negociámos o preço. Além disso 50 MT é p'rai pouco mais de 1€. Por estas bandas ser branco inflaciona bastante os preços!  






Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.

Instagram