Hoje uma colega perguntou-me a minha idade. Parei um pouco para pensar antes de responder. Desde há uns anos atrás (não sei precisar quantos) que tenho dificuldade em lembrar-me de quantos anos tenho. Hoje apercebi-me subitamente, depois da tal pausa para pensar, que já tenho 29. 29! Quase 30!

Ela, a colega, disse que não me dava mais de 23. Eu até pensaria que ela estava a ser simpática, mas então devo estar rodeada de gente simpática porque não há ninguém que não se surpreenda com a minha idade. Não sei como é que é suposto parecer uma pessoa de 29 anos, mas aparentemente não se deve parecer comigo! Pois, eu também não sei como é suposto se sentir uma pessoa com 29 anos, mas eu própria às vezes não me sinto com essa idade. Na verdade não me sinto com idade nenhuma, não penso nisso. Vivo e pronto! Se calhar é por isso que não consigo responder logo quando me perguntam a idade. Não vivo obcecada com os anos, ou com as rugas de expressão... preocupa-me mais as coisas que vou vivendo e aprendendo e a intensidade maior ou menor com que sinto a vida em mim e à minha volta. 

1 comentário

  1. Eu passei para os trinta e nem notei, já lá vão dois anos.

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Instagram