Do verbo sonhar

by - 29.8.14

Aprendemos na relação com os outros, por isso é que é importante estar, conversar, reflectir e discutir a vida e o mundo. Hoje passei a manhã com a Margarida. A Margarida é uma pessoa que conheci um dia na minha vida e que admiro. A vida encarregou-se de nos manter em contacto. Acho que temos opiniões muito parecidas. Revejo-me no que diz e gosto da forma descontraída, positiva e descomplicada como está perante a vida.

Hoje a nossa conversa foi parar aos sonhos (não numa perspectiva freudiana) e ela disse-me uma coisa que me deixou a pensar: é importante sonhar ainda que não estejam reunidas condições para concretizar os sonhos naquele momento. É importante trabalharmos os nossos sonhos, projectá-los, dar-lhes vida, elaborá-los e prepará-los para que um dia, quando estiverem criadas condições para os concretizar, eles já sejam bem reais e estejam estruturados na nossa cabeça. 

Eu acho que sim. Sonhar é isso mesmo. É bom. Implica que tudo é possível. Que tudo pode ser exequível. Implica podermos brincar, tentar e arriscar. Se no fim não for concretizável, ou se a vida nos levar por outro caminho, não faz mal. Não é grave. Vale mais isso do que a frustração de nunca ter ousado sonhar. 

You May Also Like

2 comentários

  1. Há que saber sonhar e tirar os pés do chão.

    ResponderEliminar
  2. Concordo! Até porque nos sonhos vale tudo :) o que poderá ou não realizar-se um dia. Gosto de sonhar. Quem sabe tudo se realiza um dia ;)

    ResponderEliminar