Por favor não comecem uma comunicação em público com um "Antes de mais peço desculpa por...", se este "por" for levar a uma qualquer justificação que remeta para motivos de ordem pessoal. A verdade é que as pessoas que vão assistir a uma comunicação não querem saber o que é que está a incomodar o orador, só querem é que faça o seu papel de falar. É tão simples quanto isso! Como tal, estão-se nas tintas para os seus problemas ou assuntos pessoais, ou para aquilo que o está a importunar na altura (seja isso uma constipação ou um nervoso miudinho). No caso do nervosismo então, se o orador não sentir o desejo súbito de partilhar com o mundo esse sentimento que lhe revolve as entranhas, provavelmente até ninguém vai reparar! No caso de coisas mais visíveis como a constipação, as pessoas vão reparar e ignorar o assunto, porque todos sabemos que não é culpa de ninguém e que a vida tem dessas coisas. Pedir desculpa por coisas que são invitáveis não acrescenta nada, as pessoas já sabem e compreendem por isso mais vale saltar essa parte e tratar de mostrar o quão profissionais conseguimos ser apesar das merdas que nos incomodam.

1 comentário

Com tecnologia do Blogger.

Instagram