6 on 6 | Julho 2016

by - 6.7.16

Noite. Foi o céu rosado e azul, num escurecer lento e terno que anunciou a tua chegada perante o ar expectante de todos. Quando te instalaste acalmaste o vento de dias e deixaste o calor bafejar a rua como se quisesses tornar-te perfeita. E foste!















Acho sempre que a noite encerra em si um certo mistério, como se nela tudo pudesse acontecer. É como se o dia fosse a certeza e a calmaria e ela o seu oposto, trazendo consigo um mundo de possibilidades em que as pessoas se transformam e os momentos ganham uma luz própria. A noite é a aliada dos filmes de terror e suspense, o seu escuro mascara o mistério e as sombras dos detalhes trazem novos contornos aos cenários.















Não sendo necessariamente uma pessoa noctívaga, sinto pela noite um certo fascínio. Vejo as noites de inverno como frias, tempestuosas e recatadas e frequentemente não troco os momentos no conforto da casa pelas ruas vazias onde todos os movimentos são rápidos e esguios na busca por um abrigo confortável. Já no verão frequentemente a noite preenche com vida os cenários e traz uma nova alegria boa de se sentir. A noite de verão chama por nós e compele-nos a ignorar o mistério das sombras, a esquecer o perigo eminente dos recantos escuros e convida-nos a explorar. Traz cor e movimento à rua como se fosse o culminar perfeito dos dias, prolongando os momentos inesquecíveis e relaxados até ao último segundo possível. 














Fugi do escuro, dos seus mistérios impenetráveis e tentei com as fotos captar uma noite de sentimentos e emoções à flor da pele. As fotos foram tiradas no Arraial do Compromisso, organizado anualmente para angariar fundos para a AAPACDM. O ambiente que senti por lá fascinou-me tanto (pela familiaridade e sinceridade das relações) que não consegui escolher só uma foto (como tinha inicialmente pensado) e pensei que ia dedicar uma boa parte deste 6 on 6 ao espírito deste arraial. Não sei se as fotos transmitem aquilo de que vos falo (talvez apenas seja perceptível a mim, que estive por lá) mas de qualquer forma a noite também é feita disto, de emoções verdadeiras que se misturam com cores transformadas pelos candeeiros que, iluminando-nos os sorrisos e os corações, reclamam para si a vida dos cantos que, de outra forma, seriam escuros.



Tecnicamente acho que as fotos estão longe de ser perfeitas: não tinha um tripé para dar aquela solidez à definição das fotos (e podia ter apoiado a máquina em alguns sítios mas depois perdia mobilidade) e não estou habituada a tirar fotos noturnas o que me obrigou a explorar as funções manuais da máquina (menos mal, hã?). Mas vá, o caminho faz-se caminhando e a vida é feita de tentativa e erro portanto há que continuar a experimentar.

Cheira-me que as minhas 6 on 6 partners andaram a explorar outras noites. Querem espreitar comigo? 

You May Also Like

9 comentários

  1. Andamos todas ao mesmo: explorar, explorar, explorar! Este mês foi mesmo um desafio! e adorei o espírito das tuas fotos - a noite é mesmo a melhor amiga de qualquer festa que se preze!

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que mais do que um desafio foi "o" desafio :)

      Eliminar
  2. Por acaso, ao contrário de ti e da Marta, sou bastante amiga da noite. Adoro filmes de terror, o escuro e os seus mistérios, mas também as noites de verão, que são mais alegres e coloridas do que as noites de qualquer outra estação. E tu mostraste isso muito bem nas tuas fotos.

    Apaixonei-me completamente pela primeira foto; acho que está linda e que apanhaste muito bem as cores incríveis do céu do anoitecer. :)

    Adorei também a forma como captaste a alegria das noites de festa típicas do verão. Que maravilha de desafio, Vânia! :D

    Joan of July

    ResponderEliminar
  3. Já deu para perceber que andaste a experimentar diferentes prespectivas, como na segunda foto, e estás de parabéns! Correu mesmo bem, como a Cat disse, conseguiste transpor em imagens as festinhas do Verão <3

    ResponderEliminar
  4. Tal como tu, também acho a noite um mistério e sou uma pessoa do dia :p Ao ver as tuas fotos senti-me nessa festa a acompanhar-te pelas ruas! Adorei a primeira foto e os tons rosa :) E gostei do facto de retratares as pessoas e as diferentes perspectivas. Deu imensa vida! Como disse, senti-me a andar na rua contigo :D bom desafio!

    ResponderEliminar