Dá-lhe com Xanax que isso passa!

by - 19.6.14

Hoje fui ao médico. Consulta de medicina geral numa clínica privada. O médico só falava inglês e é indiano, disseram-me. Não me pareceu indiano, mas pareceu-me simpático. Falámos, fiz-lhe as minhas queixas em inglês. Isto de uma pessoa falar das coisas em inglês aligeira muito a conversa. Senti-me praticamente num café a falar com um conhecido.


O médico era descontraído. Normalmente eu dou-me bem com gente que fala inglês (bom, dou-me bem com gente estrangeira) e entretenho-me a falar só pelo desafio de comunicar num idioma diferente. Gosto. Senti-me logo melhor só por estar ali a dizer "anxiety" em vez de ansiedade e "I feel shoulder tension" em vez de tenho tensão nos ombros. Comunicámos muito bem, parece-me. Pensava eu que nos tínhamos entendido. Bom, eu entendi-o. Entendi a explicação que me fez sobre a ansiedade e o cansaço e a falta de sono puderem resultar dessa tensão nos ombros, causada provavelmente pelas horas excessivas no computador. Percebi e gostei da explicação que me disse que basicamente não sou uma lunática da ansiedade, sou só uma pessoa "normal" (o que é isso de ser uma pessoa normal?) cujo corpo se está a ressentir por uma mudança de ritmo.

Aconselhou-me a fazer pausas de uma em uma hora e a fazer exercício físico (eu faço, não faço mais ultimamente porque me sinto cansada!). Disse ainda que, para me ajudar a descansar à noite, me ia receitar medicação. Não me disse qual medicação. Eu só perguntei se causa dependência. Disse-me que não a menos que seja tratamento muito prolongado. Avisou que me ia receitar uma dose pequena, para começar e só um comprimido por dia, uma hora antes de dormir. Tudo bem, pensei eu, certa de que seria um ansiolítico fraquinho. 

Vim-me embora com a receita, marcámos consulta para a semana para fazer o seguimento do tratamento e ver os resultados das análises. Fui à farmácia aviar a receita e chegada a casa, tirei os comprimidos do saco. Heis que me deparo com uma caixa de Xanax! Xanax? A sério? WTF? Xanax? Pfffff! E agora o que é que lhe vou dizer quando me perguntar como estou a reagir ao tratamento? Digo-lhe que não estou a reagir porque não tive coragem de me intoxicar com Xanax? Acho que sim, é isso mesmo. Xanax querido, por agora vais ficar na gaveta. Só para não ter que te tomar já me sinto fresca que nem uma alface! A massagista que marquei para segunda-feira logo me trata da "Shoulder tension". 
Xanax! Pfff!  

You May Also Like

2 comentários