Autora: Marta Coelho | Tema: Movimento | Março 2016

Gosto de encarar os projectos em que me envolvo como caixinhas de oportunidades que me desafiam, tiram da minha zona de conforto e com tudo isso, ou por tudo isso e mais, me fazem crescer. O 6 on 6 foi exactamente isso a cada mês, a cada tema, e sinto mesmo que me ajudou de diversas formas a melhorar na fotografia e a experimentar aspectos que vejo como lacunas minhas, mas que ainda não me tinha sentido impelida a explorar, ou melhorar. Este desafio fotográfico possibilitou que se acabassem as desculpas para não o fazer.

Autora: Joana Sousa | Tema: Feminino | Fevereiro 2016

AS APRENDIZAGENS

No 6 on 6 tive oportunidade de me encontrar, de perceber o que gosto e não gosto na fotografia e com aquilo que me identifico ou não. Apesar de nem tudo isto estar claro neste momento para mim, foi o início dos questionamentos, das dúvidas e incertezas, o que representa um primeiro passo para se construir tudo o resto. É bom questionar, é o primeiro princípio que gera a aprendizagem e a busca pelo saber.

Também percebi que aliar a fotografia a determinado tema representa não uma limitação, mas uma oportunidade ínfima de explorar mil e uma ideias que, em primeira análise, não são assim tão óbvias. Construir e desconstruir conceitos revelou-se uma das mais interessantes tarefas, e também aprendizagens, deste desafio fotográfico. Além disso, o desafio surgiu justamente numa altura da minha vida em que me andava a impelir a utilizar a máquina fotográfica mais vezes, pois vinha a acontecer cada vez mais que repetidamente a substituía pelo bem mais prático telemóvel. Queria pegar mais na reflex, mas faltava-me um motivo. Voilá, acabaram-se as desculpas!

Autora: Catarina Sousa | Tema: Noite | Julho 2016 


AS 6 ON 6 GIRLS

Se tivesse que focar algo que se destacou em cada uma das "partners in crime" que me acompanhou nesta aventura, destacaria a seriedade e profissionalismo da Catarina Sousa, sempre tão aprumada com as fotos e os conteúdos; a energia, criatividade e espontaneidade da Marta Coelho, sempre a dinamizar-nos e dar-nos inputs extra; a sobriedade e visão única da Joana Sousa, que me fez identificar e vibrar com cada uma das suas fotos; o espírito livre e saltitante da Joana Clara, cujas palavras lançadas ao vento foi bom ler enquanto durou; e, last but not least, a sobriedade e naturalidade da Catarina Coelho, em cujos conteúdos e fotos também tantas vezes me revi.

Eu era um pouco a outsider deste grupo porque fisicamente só conhecia (e conheço) a Marta, mas desde o início que senti estranha e naturalmente integrada. Um dos pontos altos do 6 on 6 foi a ligação que criámos no backstage do desafio e para mim, que levo isto dos blogues muito na desportiva, foi uma oportunidade de pertencer a uma rede de pessoas com as quais me identifico e que, como eu, gostam de escrita e fotografia. Acho que assumimos, tanto quanto nos foi possível, um compromisso sério com o desafio e mais do que isso, umas com as outras. Tanto que senti que podíamos sempre comunicar sobre as dificuldades que estávamos a sentir para cumprir o desafio, os prazos, ou em conciliar a obrigatoriedade de publicar naquela data e hora marcadas, com a vida que acontece e tem percalços. A tomada de decisões foi sempre unânime e orientada para uma perspetiva construtiva. Até as dificuldades, porque as ouve, se resolveram dentro do possível e apenas a Joana Clara ficou pelo caminho, já nos últimos dois ou três meses. É mesmo assim, faz parte (não deveria, mas há sempre variáveis incontroláveis), e nem sempre tudo pode ser perfeito.  

Também me parece que somos um ciber grupo interessante porque cada uma de nós foca os seus blogues em aspetos diferentes, mas creio que no fundo partilhamos as mesmas opiniões sobre muitos assuntos. As nossas diferenças são, na verdade, aquilo que, no meu ponto de vista, contribuiu para termos um 6 on 6 tão interessante, pela diversidade de pontos de vista e até mesmo de estilos fotográficos e formas de escrever.

Autora: Catarina Coelho | Tema: Outono | Novembro 2016

AS 6 FOTOS PREFERIDAS

Foi giro rever todas as fotos para escolher as minhas 6 preferidas, uma tirada por cada uma de nós, e tenho-as usado para ilustrar esta publicação. Fotografámos muito, fotografámos muitas vezes bem, outras tantas menos bem, fotografámos "dentro e fora da caixa", de noite, de dia, na rua ou em casa, apesar dos dias de chuva e do sol estorricante, ou da falta de inspiração ou entusiasmo. Difícil foi escolher só 6 fotos preferidas, porque há tantas que me entusiasmaram neste percurso. As que escolhi, fi-lo porque acho que deixam um espaço entreaberto para podermos pensar sobre aquele momento ou pessoas, e o que terá acontecido antes ou a seguir do exato minuto em que foram captadas. É um pouco aquela questão: de onde veio esta foto? Para onde vão estas pessoas? O que vai acontecer àquele local? Escolhi-as porque acho mesmo que são boas fotografias. São fotografias contadoras de histórias!

Autora: Joana Clara | Tema: Cores | Abril 2016

OS 6 TEMAS FAVORITOS

Feminino
Gostei de "feminino" porque foi o segundo tema, quando já me sentia mais à vontade com o desafio e comecei a explorá-lo sem grandes preocupações. Identifiquei-me com o tema e pareceu-me que cada uma de nós lhe deu interpretações muito únicas, o que me deu um gozo tremendo de ler e ver.

Padrão
"Padrão" foi um dos temas que me esteve no pensamento desde sempre, porque gosto de padrões. Gosto sim, do azulejo português e sinto-me impelida a fotografá-lo. Apreciei ainda mais este tema porque no fim acabei por criar um conceito dentro do mesmo, a quebra do padrão, o que me obrigou a sair do óbvio, ou a levar a reflexão mais além. Também coincidiu com uma viagem aos Açores, o que me forçou a ver as novas paisagens com um olhar mais refinado, mais reflexivo e, consequentemente, muito menos turístico.

Movimento
"Movimento" senti como o tema mais desafiante em termos de conceito. Como raio se capta o movimento com uma fotografia? Na prática concretizá-lo acabou por se revelar, eu diria, o mais fácil, porque na verdade há movimento em tudo e tive a sorte de sair à rua para fotografar num dia de vento em que até mesmo o inanimado ganhava vida. Foi tão giro!

Autora: Vânia Martins |  Tema: Infância | Setembro 2016
Noite
Gostei deste tema, na mesma medida em que o receei. Foi o mais desafiante de todos a nível de concretização, porque desde que me conheço que fujo da fotografia noturna, porque ela representa, normalmente, frustração. Foi a primeira vez que fotografei à noite com prazer e acho que desde aquela noite de verão que não voltei a hesitar em fazê-lo (até já fiz um workshop de fotografia noturna. Quem diria?).

Outono
Foi o desafio mais melancólico de todos, e por isso é que gostei tanto do resultado global. Tive dificuldade em escolher uma foto que gostasse mais, porque cada uma delas me parecia muito eu. E foi cumprido de forma tão natural que parecia quase uma extensão natural de mim. Metade das fotos foram tiradas numa ida a Alcochete num dia chuvoso, em que só tive tempo de fotografar qualquer coisa em meia horinha sob um céu escuro, a ameaçar desabar. Acabei a fotografar as folhas caídas no chão, dentro da poça de água, já com a chuva a molhar-me, e cheia de pressa para ir abrigar-me. A outra metade das fotos consegui numa manhã de sol em casa, mesmo antes do pequeno-almoço, quando espreitei pela janela, vi a luz e a terra molhada e simplesmente agarrei a máquina e comecei a fotografar (tinha a grande angulas e mesmo sem a trocar por outra, acabei por fazer macros que me agradaram muito).

Tema Livre
Por fim, gostei do tema livre porque me parece que cada uma de nós aproveitou para explorar aspetos muito pessoais, para abordar o que tinha ficado por abordar e creio que as cinco restantes imprimimos bastante energia nele, em torná-lo especial nas fotos e nas palavras. Da minha parte pude explorar a fotografia indoor, montar o setting, procurar a luz natural e fotografar elementos muito meus. Sentia-me muito inspirada nesse dia, sabia exatamente o que queria fotografar e pela primeira vez tirei fotos cândidas e tranquilas, tal como as tinha imaginado.

E agora ficamos por aqui?
Com o 6 on 6 sim, mas estamos a magicar outras ideias. Sobre isto não digo mais. Fiquem por aí bastante atentos, sim? :)

Chegou-me aos ouvidos que as restantes meninas também fizeram um "best of". 
Vamos lá espreitar, mais uma vez?

4 comentários

  1. Vânia, é sempre um gosto ler-te - e sim, não nos conhecemos fisicamente mas para te ser honesta quase que sinto que sim! Foi tão bom ver a tua perspectiva sobre cada tema, sempre tão fresca e fora da caixa! E foi tão bom acompanharmo-nos durante um ano enquato crescemos nestas andandas!

    Venham daí mais clicks!

    Jiji

    ResponderEliminar
  2. Bem Vânia, estou sem palavras, disseste tudo! Já te disseram que tens uma capacidade sobrenatural de síntese? :D é engraçado que a Catarina Coelho também escolheu a mesma foto para mim, e essa era uma das minhas preferidas também. Trazem-me memórias tão bonitas de uma viagem a uma cultura tão pura e genuína!
    Tenho a dizer que te portaste muito bem, mesmo sendo a outsider do grupo. Sem dúvida, a disciplinada, eras quase sempre a primeira a terminar as fotos do mês e muitas vezes isso fez-me acordar para a vida, obrigada! Também queria te agradecer por nos ajudares a resumir os debates através de "esquemas", muito útil.

    E, por ultimo, fico imensamente feliz que tenhas voltado a pegar na tua reflex à pala deste desafio e agora que tens o hábito, há que continuar!

    ~*Viver a Viajar*~

    ResponderEliminar
  3. Vânia, adorei ler esta tua "análise" sobre o nosso 6 on 6. Gostei especialmente quando falaste no backstage do desafio! Recordei algumas das nossas conversas e partilhas, nas vésperas dos desafios. "Então meninas, como vai isso? Já têm as fotos todas?"... "Aiiii ainda não tenho nadaaa!". Ahah! Críamos uma óptima relação entre todas, ainda que esta fosse apenas online. Mas havemos de nos ver, ao vivo e a cores, um dia. Fica prometido! Até lá, que continuem estes projectos fotográficos tão bons <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acredito que haveremos de nos cruzar presencialmente num destes dias, e que bom que vai ser conhecer-vos finalmente. :D

      Eliminar

Com tecnologia do Blogger.

Instagram